Lígia de Noronha * psicóloga, especialista no despertar da consciência

12 Janº (Algarve) * Palestra “Relacionamentos romântico-conjugais (…)”

Relacionamentos romântico-conjugais – fuga de versus retorno a nós mesm@s.

Este é o tipo de relacionamento interpessoal que mais nos pode ajudar a crescer. Nele emerge tudo o que trazemos por resolver do passado, todos aqueles velhos medos, carências, inseguranças, complexos e dúvidas (etc.) que podemos de algum modo tentar ocultar ou mascarar tanto antes, como durante e após um relacionamento romântico-amoroso com alguém.

É porém a nós, a cada um/a de nós, que cabe a responsabilidade de identificar, assumir/aceitar, mudar e curar sentimentos e emoções (aparentemente) negativos que surgem no contexto deste ou de qualquer outro tipo de relacionamento, já que:

1) ninguém é responsável pelo que sentimos,
2) ninguém pode realmente alterar (pelo menos de modo constante, irreversível) o que sentimos, nem
3) ninguém pode saber e sentir o que sentimos a não ser que o comuniquemos de forma clara e aberta e falando apenas de nós. A isto chama-se vulnerabilização, fragilização ou abertura de coração, uma postura que nos permite comunicar fluida e pacificamente com qualquer pessoa (uma vez que falamos apenas de nós e assim nada projectamos ou deslocamos para ninguém). Ao dizermos o que sentimos, denotamos auto-conhecimento e auto-aceitação (ausência de medo de rejeição – base do Amor-próprio), daí que tornamo-nos magníficos espelhos para os outros em relação ao que eles mesmos podem fazer.

Nesta Palestra de 2h, que implica alguns exercícios escritos de auto-reflexão e análise, ficamos a perceber claramente de que modo o relacionamento com as nossas figuras parentais (em particular a forma como os percepcionámos e sentimos quando tínhamos entre 8 e 12 anos de idade) influencia as nossas escolhas e experiências romântico-conjugais até hoje, e, naturalmente, fazemos uma revisão do nosso estado actual interno, das características da nossa personalidade, dos valores, crenças e hábitos (etc.) que alimentamos. Sem culpabilizações.
Saímos da Palestra com um bom lembrete (interno) em mãos, daquilo que precisamos de ir filtrando/transmutando ao longo desta maravilhosa Caminhada de Regresso ao Jardim Interno (o do Amor-próprio -> que, quando transborda/se manifesta, é incondicional…). Vivenciais são também integradas nesta Palestra. Há que Sentirmos o que nos faz Sentido. Até já! Abraço

Local: Serenity (Lagoa/Algarve)
Morada: Parque Industrial do Carmo, Lote 14 – 8400-440 Lagoa (Algarve)
Horário: 19-21h
Valor da participação : 25€
Para inscrições, p.f. escreva (info@centro-serenity.com) ou ligue (282101174/962009703).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Back to top