Lígia de Noronha * psicóloga, especialista no despertar da consciência

Cura do Ressentimento * Limpeza do Coração * Capítulo do Livro…

Uma intuição disse-me para partilhar o Capítulo 4 da Parte I do Livro que escrevi, porque nela oriento para um trabalho que nos pode mudar e limpar completa e irreversivelmente de velhos e desagradáveis sentimentos relativos ao passado e que têm apenas servido para nos reter do avanço e da mudança que tanto queremos… E porque estamos ainda por acreditar que somos capazes de a fazer, vamo-nos auto-boicotando entretanto, colocando a atenção nos outros  e ao mesmo tempo culpabilizando-os pela nossa ‘miserabilidade’…  Enfim, precisamos de bodes expiatórios para quê?!

Sugiro que pratiquemos o Abraço, aquele que tem um efeito tremendamente curador (antes de mais para quem toma a iniciativa) quando Bem dado (após o olhar, o toque, o gesto e a palavra certos…). Uma conversa (nunca tida) pode surgir/proporcionar-se depois, com cada um/a falando apenas de si… Ah, tudo implicado no processo vem descrito aqui:

CAPÍTULO 4, PARTE I – Limpeza do Coração
(p.f. clicar neste link para aceder a texto em formato PDF)

Servindo, com Amor & Luz (Consciência). L.

6 Comments

  1. michelle daya Reply

    Estava aqui a sentir, e penso mesmo que para nos deixarmos de boicotar temos que nos fragilizar ao ponto de ja n termos força para tanta dispersão….qd estamos mais frageis não há tanta energia para ir atras dos caprichos…sera que me faço entender? qd estamos mais frageis fazemos com menos exigencia, qd estamos mais frageis deus expressa-se com mais facilidade atraves do nosso corpo….
    quando estamos mais frageis, conseguimos estar no presente mais facilmente…o q é estar fragil? é simplesmente estar em contacto com os sentimentos mais profundos, é entrar em contacto com a impotencia, com a dor do mundo, é aceitar que se tem condições….e q as coisas n são como se sempre quer….esatar fragil não quer dizer estar triste, n tem NADA haver, a tristeza pode estar dentro da fragilidade …
    com amor, mi

    1. Lígia de Noronha Reply

      A fragilização, vulnerabilização, Michelle, é sem dúvida uma das vias mais estruturais e profundas que podemos usar para Limpar o Coração. Expressar o que verdadeiramente se sente, depois de se o aceitar, pedir colo e mimo, chorar intensamente, sem freios, enfim, deixar sair, é maravilhoso… É dar espaço à criança e jovem internos para manifestar o sentir profundo… E tantos, tantos de nós não tivemos ‘espaço’ e ‘tempo’ para o fazer na infância e adolescência…
      Eu tenho estado a fazer este trabalho e apercebido que é dos mais eficazes que está ao meu alcance imediato.
      Gratidão pela tua partilha, Querida.

  2. Fatima leitao Reply

    È isso ,subscrevo o que li atrás….é tão doloroso ….aceitar sentimentos que ficaram recalcados …o ressentimento …por exemplo por não nos terem apoiado …e acreditado em nós ….
    acredito que enquanto não curarmos essas partes ocultas…..não avançamos para as etapas seguintes….È preciso coragem e aceitação de nos sentirmos tão fragilizados….

    1. Lígia de Noronha Reply

      Grata pela mensagem, Fatima.
      Tornamo-nos vitimas de nos mesmos quando achamos que somos/fomos vitimas de alguem…
      A pratica do afecto, abracar, beijar, olhar nos olhos, limpa o ressentimento e transmuta velhos medos.
      Beijinhos de Luz (consciencia).
      L.

  3. HORACIO SAMUEL LANGA Reply

    Olha eu comprei o livro e olha que e por excelencia um guia para a paz interna de cada individuo. Comecei a gostar de me mesmo sentir me e para de usar mascaras e ainda me fragilizar diante dos outros me faz aprender mais e melhor. E a meditaçao me faz atravessar do orizonte e chegar para alem do que se imaginar foi um prazer enorme ter tido a opurtunidade de ler este manual e recomendo para muitos outros. bjos

    1. Lígia de Noronha Reply

      Grata pela atenciosa mensagem, Querido Horácio. Que bom que a obra te está a ser útil. Já agora, encomendaste-a a partir de Maputo ou compraste-a em Portugal?
      Abraço enorme

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Back to top